Duratex prevê redução de 52% nos investimentos em 2015

terça-feira, 28 de abril de 2015 13:36 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A empresa de insumos para a construção civil e marcenaria Duratex pretende investir 400 milhões de reais este ano, queda de 52 por cento frente a 2014, com os aportes se limitando à manutenção e sustentação das operações da companhia.

"O ano de 2015 será desafiador para todas as indústrias. Mas tomaremos medidas para enfrentar (esse cenário)", disse o diretor-presidente da companhia, Antonio Joaquim de Oliveira, em teleconferência com analistas.

Entre as medidas a serem tomadas para enfrentar o cenário adverso está o fechamento de fábrica de louças de Jundiaí (SP) com transferência da produção para a unidade de Queimados (RJ), nova planta da empresa com máquinas novas e menor custo de mão de obra, segundo a companhia.

Do total dos investimentos, 123,8 milhões de reais já foram aplicados no primeiro trimestre. A previsão de aportes não inclui o negócio envolvendo a fabricante de chuveiros Corona, cuja aquisição precisa ser aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Outros 177 milhões de reais referem-se ao plantio e manutenção de áreas florestais, de acordo com o relatório de resultados da companhia.

A Duratex teve queda de 57,5 por cento do lucro líquido de janeiro a março ante igual período do ano anterior, afetada por menores margens operacionais e maior despesa financeira com o aumento das taxas de juros, informou a companhia nesta terça-feira.

(Por Luciana Bruno)