Aneel rejeita parcialmente pleito da ESBR sobre responsabilidade por atrasos em Jirau

terça-feira, 28 de abril de 2015 13:58 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) negou nesta terça-feira o pedido da Energia Sustentável do Brasil (ESBR) de alterar o cronograma da usina hidrelétrica de Jirau, em Rondônia, e também o pedido adicional da usina de isenção de responsabilidade por conta de atrasos na obra causados por fatores como greves de trabalhadores.

O relator do caso, diretor André Pepitone, disse, porém, que a agência manteve decisões anteriores, de 2013, que dão à concessionária isenção de responsabilidade por 239 dias, por conta, entre outras coisas, da concatenação das obras com a instalação de linha de transmissão para escoar a energia da usina.

O pedido total de isenção de responsabilidade feito pela Energia Sustentável do Brasil somava 535 dias. Procurada, a empresa não comentou o assunto.

A usina tinha início da operação comercial prevista para o início de 2013.

(Por Leonardo Goy)