Maersk diz que tripulação de navio ocupado pelo Irã está bem

quarta-feira, 29 de abril de 2015 09:58 BRT
 

COPENHAGUE (Reuters) - A empresa dinamarquesa de transporte de cargas Maersk informou nesta quarta-feira que a tripulação do navio de contêineres Maersk Tigris está a salvo e "com bom ânimo", depois que autoridades iranianas ocuparam a embarcação na véspera no Estreito de Hormuz.

A Maersk, maior transportadora de contêineres do mundo, disse que está em contato com o Ministério das Relações Exteriores da Dinamarca e em busca de mais informações, e ainda não sabe a razão para a captura da embarcação.

Barcos de patrulha iranianos interceptaram o navio de carga no Estreito de Hormuz e dispararam tiros de alerta, elevando a tensão em uma das rotas de transporte marítimo mais movimentadas do mundo e levando os Estados Unidos a enviarem embarcações militares para monitorar a situação.

A Maersk disse que o navio foi abordado em águas internacionais. Autoridades iranianas, citadas pela mídia estatal, dizem que o Maersk Tigris foi ocupado em águas territoriais iranianas.

Segundo a mídia iraniana, a ocupação do barco foi uma resposta a uma decisão judicial a favor de uma empresa privada iraniana cobrando dívidas.

"Estamos em contato permanente... e satisfeitos por saber que a tripulação (está) segura e, sob as circunstâncias, com bom ânimo", disse a Maersk um comunicado.

"Continuamos nossos esforços para obter mais informações sobre a apreensão das autoridades iranianas -em águas internacionais-- do Maersk Tigre. Não podemos neste momento estabelecer ou confirmar a razão por trás da apreensão", acrescentou a empresa.

 
Tripulação de um navio cargueiro da Maersk, em foto de arquivo.  37/07/2013  REUTERS/Edgar Su