Minério de ferro recua 3,9% na China e põe fim a rali de 2 semanas

quarta-feira, 29 de abril de 2015 09:06 BRT
 

CINGAPURA (Reuters) - Os preços do minério de ferro no mercado à vista da China tiveram nesta quarta-feira sua primeira queda em duas semanas, após um rali que elevou as cotações em quase um quarto e que agora é visto por alguns agentes do mercado como encerrado.

Com o mercado de minério de ferro bem abastecido e com as vendas de aço da China não se recuperando com força, o potencial de alta dos preços pode ser limitado, disseram operadores e analistas.

O minério com entrega imediata nos portos chineses recuou 3,9 por cento nesta quarta-feira, para 56,90 dólares por tonelada, primeira queda desde 15 de abril. Na terça-feira, o minério bateu 59,20 dólares, maior patamar desde 5 de março.

"Os preços se recuperaram substancialmente porque a queda recente nos preços à vista forçou o fechamento de uma parcela significativa de produtores com alto custo marginal", disse Kash Kamal, analista da Sucden Financial.

"No entanto, muitos players do setor enxergam o recente rali no minério de ferro como encerrado, já que os fundamentos permanecem desequilibrados."

(Por Manolo Serapio Jr)