Abear abandona projeção de alta da demanda por voos no Brasil em 2015 em linha com 2014

quarta-feira, 29 de abril de 2015 12:42 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Abear, associação de empresas do setor aéreo, afirmou que as companhias devem faturar menos em 2015 caso a atual tendência de queda nas tarifas continue.

"Se continuar por mais 3, 4 meses, pode ser que a receita se comprometa", disse o presidente da entidade, Eduardo Sanovicz, a jornalistas.

De acordo com ele, a atividade econômica lenta fez com que a demanda corporativa caísse "brutalmente" da proporção normal de 70 por cento para 50 por cento no momento, ficando ainda menor em alguns voos.

Assim, a Abear abandonou a projeção de crescimento da demanda doméstica em linha com o ano passado.

Segundo a entidade, que representa as companhia aéreas Gol, TAM, Azul e Avianca, a demanda doméstica em 2014 subiu 5,7 por cento após altas de 6,5 por cento em 2013 e de cerca de 7 por cento em 2012.

(Por Priscila Jordão)