Alta do euro pressiona bolsa alemã e faz índice europeu fechar em queda

quarta-feira, 29 de abril de 2015 14:14 BRT
 

Por Sudip Kar-Gupta

LONDRES (Reuters) - As bolsas europeias tiveram uma de suas piores sessões no ano nesta quarta-feira, pressionadas por balanços corporativos mais fracos que o esperado, pela recuperação do euro e por números decepcionantes sobre o crescimento dos Estados Unidos.

O índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 .FTEU3 fechou em queda de 2,24 por cento, a 1.581 pontos, depois de alcançar neste mês a máxima em mais de 14 anos.

O FTSEurofirst chegou a marcar a pontuação mais baixa em cerca de um mês e registrou a maior queda diária desde um recuo de 2,3 por cento apurado em janeiro, mas ainda acumula alta de 16 por cento em 2015.

Dados fracos sobre os EUA impulsionaram o euro EUR= à máxima em oito semanas contra o dólar, o que, por sua vez, prejudicou o índice alemão DAX, que inclui muitas companhias exportadoras.

Após atingir a máxima histórica de 12.390 pontos ainda neste mês, o DAX registrou sua pior queda percentual desde março de 2014.

"O DAX, um índice guiado por exportadoras, está vendo esse rali do euro alimentar diretamente preocupações de que vai afetar a capacidade de exportação das companhias", disse o diretor administrativo da B Capital Wealth Management, Lorne Baring.

Em LONDRES, o índice Financial Times .FTSE recuou 1,20 por cento, a 6.946 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 3,21 por cento, a 11.432 pontos.   Continuação...