Vale tem prejuízo de R$9,538 bi no 1º tri; registra 3º tri consecutivo de perdas

quinta-feira, 30 de abril de 2015 08:15 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A mineradora Vale registrou prejuízo líquido de 9,538 bilhões de reais no primeiro trimestre de 2015, terceiro trimestre consecutivo de perdas para a companhia, em meio a uma queda nos preços do minério de ferro, ante lucro de 5,909 bilhões no mesmo período de 2014, informou a empresa nesta quinta-feira.

O Ebitda ajustado da companhia, importante indicador da geração de caixa, somou 4,635 bilhões de reais no primeiro trimestre, ante 9,572 bilhões no mesmo período de 2014.

O Ebitda da divisão de ferrosos foi impactado por menores preços de commodities e ajustes de preço, mas o custo caixa e custo de frete foram significativamente reduzidos, disse a companhia, em seu relatório de desempenho.

A empresa disse que realizou 45 por cento das vendas de minério de ferro do primeiro trimestre a preço provisório de 51,4 dólares por tonelada comparado ao índice Iodex médio de 62,4 dólares por tonelada no período.

Em dólares, o prejuízo da Vale foi de 3,118 bilhões, ante lucro de 2,515 bilhões de dólares no primeiro trimestre do ano passado. A média de estimativas feitas por dois bancos e uma corretora foi de prejuízo de líquido de 2,346 bilhões de dólares.

O preço médio realizado na venda de finos de minério de ferro despencou 51,5 por cento em um ano, atingindo 46,01 dólares por tonelada no primeiro trimestre de 2015.

Com isso, a receita bruta da mineradora com finos de minério de ferro, sua principal fonte, caiu 47 por cento no primeiro trimestre, na comparação anual, para 2,734 bilhões de dólares.

INVESTIMENTOS E DESINVESTIMENTOS   Continuação...

 
Sede da Vale, no centro do Rio de Janeiro.   21/08/2015   REUTERS/Pilar Olivares