Expansão da zona do euro será mais forte e inflação vai acelerar, projeta Comissão da UE

terça-feira, 5 de maio de 2015 07:32 BRT
 

BRUXELAS (Reuters) - O crescimento econômico da zona do euro neste ano será mais forte do que esperado anteriormente graças ao petróleo mais barato, euro mais fraco, crescimento global estável e políticas fiscal e monetária de apoio, disse nesta terça-feira a Comissão Europeia.

Em suas projeções econômicas trimestrais dos principais indicadores econômicos para os 28 países-membros da União Europeia e os 19 que usam o euro, o braço executivo da UE também projetou aceleração da inflação ainda neste ano e queda do desemprego.

A Comissão estima que o crescimento econômico da zona do euro vai acelerar para 1,5 por cento em 2015 ante 1,3 por cento projetado há três meses. O órgão manteve sua estimativa anterior de expansão de 1,9 por cento para o próximo ano.

"A economia europeia está passando por sua primavera mais brilhante em vários anos, com a recuperação sustentada tanto por fatores externos quando por medidas que estão começando a render frutos", disse Pierre Moscovici, comissário de assuntos econômicos e financeiros, taxação e alfândega.

Conforme a economia acelera, o mesmo acontece com a inflação na zona do euro -- a Comissão elevou sua projeção para o aumento dos preços ao consumidor neste ano para 0,1 por cento ante queda dos preços de 0,1 por cento projetada há três meses. No próximo ano os preços devem avançar 1,5 por cento, contra 1,3 por cento esperado antes.

(Reportagem de Jan Strupczewski)