Lucro antes de impostos do HSBC sobe 4% com retomada de banco de investimentos

terça-feira, 5 de maio de 2015 07:34 BRT
 

Por Steve Slater

LONDRES (Reuters) - O maior banco da Europa, o HSBC, superou estimativas com um avanço de 4 por cento em seu lucro antes de impostos no primeiro trimestre, divulgado nesta terça-feira, após a receita de seu banco de investimentos ter se recuperado, compensando a alta de custos com regulação e compliance.

Como o rival suíço UBS, as mesas de operação do HSBC se beneficiaram de um aumento da volatilidade do mercado no início do ano, o que ajudou sua receita subjacente a avançar 4 por cento.

O salto do resultado do HSBC foi mais modesto que o do UBS, cujo lucro líquido quase dobrou, mas seu lucro antes de impostos de 7,1 bilhões de euros superou expectativas de uma queda e ficou bem acima da previsão média de 5,8 bilhões de dólares, segundo analistas consultados pela companhia.

O HSBC disse que a Autoridade de Conduta Financeira britânica pediu informações sobre seu private bank na Suíça.

O banco admitiu que controles sobre seu private bank suíço ficaram aquém dos padrões de qualidade no passado, após acusações de que ajudou milhares de clientes ricos a sonegarem impostos, mas afirmou na terça-feira que o escândalo não afetou seu lucro.

(Por Carmel Crimmins)