UE aprova joint venture de café entre Mondelez e DE Master Blenders após vendas

terça-feira, 5 de maio de 2015 09:25 BRT
 

BRUXELAS (Reuters) - A Comissão Europeia anunciou nesta terça-feira que aprovou uma joint venture entre duas das maiores processadoras de café do mundo, a norte-americana Mondelez International e a holandesa DE Master Blenders, condicionada a vendas de ativos.

Antes de criar a joint venture para operar como Jacobs Douwe Egberts, a Mondelez venderá sua unidade Carte Noire no Espaço Econômico Europeu (EEE) e a DEMB venderá sua divisão Merrild na mesma região, e também licenciará sua marca Senseo na Áustria, disse o órgão executivo da UE em comunicado.

As companhias não comentaram sobre possíveis compradores. Uma porta-voz da DE Master Blenders não quis comentar, e representantes da Mondelez não puderam ser encontrados de imediato fora do horário comercial regular nos Estados Unidos.

(Por Alastair Macdonald, Martinne Geller e Francesca Landini)