UBS diz que conversas sobre investigação cambial estão avançadas e lucro sobe

terça-feira, 5 de maio de 2015 09:28 BRT
 

Por Joshua Franklin

ZURIQUE (Reuters) - O UBS disse que está em conversas avançadas com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos para fazer um acordo sobre acusações de supostas manipulações no mercado de câmbio, ao mesmo tempo em que o maior banco da Suíça divulgou seu maior lucro trimestral em quase cinco anos.

Um acordo na investigação do departamento norte-americano deixaria o banco um passo mais perto de encerrar uma série de investigações que analisam como operadores teriam manipulado o mercado cambial de 5 trilhões de dólares ao dia.

"Discussões com o Departamento de Justiça têm continuado e estão num estágio avançado, embora não se tenha chegado a um acordo... na forma de uma resolução', disse o UBS nesta terça-feira.

O UBS reduziu suas reservas para litígios a 2,7 bilhões de francos suíços, ante 3,05 bilhões de francos suíços, e disse acreditar que suas reservas são adequadas para lidar com a investigação sobre manipulação do mercado cambial, mas alertou sobre uma "incerteza significativa" acerca do desfecho.

O UBS disse também que o lucro líquido para os primeiros três meses de 2015 alcançou 1,98 bilhão de francos suíços (2 bilhões de dólares), uma alta de 88 por cento na comparação com igual período do ano passado e bem acima da estimativa média de 1,1 bilhão entre analistas em pesquisa da Reuters.

(Por Joshua Franklin e Oliver Hirt)