Venda de ações da Usiminas em poder da CSN "vai demorar", diz Steinbruch

terça-feira, 5 de maio de 2015 15:10 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A CSN não está com pressa para se desfazer de ações de sua concorrente Usiminas, como ordenado pelo Cade, e poderá fazê-lo por venda direta a um investidor estratégico ou de forma pulverizada na bolsa, disse nesta terça-feira o presidente-executivo da CSN, Benjamin Steinbruch.

"Estamos aguardando o melhor momento, mas posso dizer que vai demorar", disse Steinbruch à Reuters durante evento com empresários promovido pela revista Exame.

(Por Aluísio Alves)