Presidente do HSBC Brasil diz não ter acesso a dados de clientes com contas na Suíça

terça-feira, 5 de maio de 2015 15:10 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente do banco HSBC Brasil, André Guilherme Brandão, disse nesta terça-feira que o grupo britânico possui a política de colaborar com autoridades e que não tem acesso a informações detidas por subsidiárias do grupo em outros países.

Em audiência da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) no Senado que investiga contas de brasileiros envolvidos no caso conhecido como "Swissleaks", Brandão afirmou que o HSBC têm tomado medidas para prevenir crimes financeiros.

(Por Nestor Rabello)