Lucro da Tim recua 16% no 1º trimestre, a R$312,7 mi

terça-feira, 5 de maio de 2015 21:56 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Tim Participações teve lucro líquido de 312,7 milhões de reais no primeiro trimestre, queda de 16 por cento na comparação anual, informou a empresa de telecomunicações nesta terça-feira.

A média das estimativas de analistas apontava lucro de 308 milhões de reais.

O resultado foi pressionado por despesas financeiras maiores (que subiram 38,9 por cento ano a ano, a 247 milhões de reais) e um leve recuo da receita no período.

O presidente-executivo da companhia, Rodrigo Abreu, disse no relatório de resultados que apesar do cenário desafiador, a companhia continua a apresentar "sólida execução".

Abreu também mencionou os obstáculos de receita no curto-prazo, "como a nova rodada de redução da VU-M e a aceleração da queda de serviços de SMS, impactados pelo fenômeno global de uso de aplicativos de mensagem, que também traz impacto na utilização de voz na indústria em geral".

A receita líquida total da Tim caiu 3,3 por cento e encerrou o trimestre em 4,5 bilhões de reais.

O Ebitda (sigla em inglês para lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) no período subiu 1,7 por cento, a 1,3 bilhão de reais.

A Tim disse que investiu 924 milhões de reais nos três primeiros meses do ano, um aumento de 51 por cento em relação ao mesmo período de 2014.

A maioria dos investimentos foi alocada ao crescimento das redes 3G e 4G e à expansão da transmissão em fibra ótica, com o objetivo de construir uma infraestrutura para o futuro centrada em dados, disse a Tim.

(Por Juliana Schincariol)