Lucro da portuguesa EDP sobe 0,3% no 1º tri e supera expectativas

quinta-feira, 7 de maio de 2015 14:42 BRT
 

LISBOA (Reuters) - O lucro líquido da EDP-Energias de Portugal subiu 0,3 por cento no primeiro trimestre, contrariando expectativas de queda, mesmo com a performance operacional prejudicada pelo agravamento da seca no Brasil e menores recursos hídricos e eólicos na Ibéria.

O maior grupo industrial português afirmou que o lucro ficou em 297 milhões de euros entre janeiro e março, contra o lucro médio de 291 milhões previsto pelos analistas.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) caiu 1 por cento, para 1,017 bilhão de euros, quase me linha com a estimativa média de 1,001 bilhão.

A queda do Ebitda resultou "de um agravamento da seca no Brasil e por um primeiro trimestre de 2014 na Península Ibérica muito forte em termos hidráulicos e eólicos, especialmente comparado com um primeiro trimestre deste ano, marcado por níveis hidráulicos abaixo da média histórica".

O lucro trimestral da Energias do Brasil teve queda de 16,1 por cento, para 83,6 milhões de reais ante igual período de 2014, pressionado pelo fraco resultado de Pecém I, com maiores custos financeiros, além dos resultados negativos de 2,3 milhões de reais na unidade Santo Antônio do Jari e 10,6 milhões da Ceja. [L1N0XX41Q]

(Por Sérgio Gonçalves)