Lucro líquido da Lojas Americanas cai 14% no 1º tri por despesas financeiras

sexta-feira, 8 de maio de 2015 07:56 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O lucro líquido da varejista Lojas Americanas caiu 14,3 por cento no primeiro trimestre frente ao mesmo período do ano passado, afetado pela alta das despesas financeiras com o avanço dos juros e apesar do crescimento da receita impulsionado pela Páscoa.

A empresa teve lucro líquido de 22,2 milhões de reais no primeiro trimestre, informou na noite de quinta-feira. Estimativas de cinco analistas consultados pela Reuters apontavam em média lucro líquido de 30 milhões de reais.

A receita líquida atingiu 4,095 bilhões de reais, avanço de 20,7 por cento na comparação anual. Houve crescimento de 9 por cento da receita "mesmas lojas", abertas há mais de um ano, nos quatro primeiros meses do ano.

As vendas foram beneficiadas pelo feriado da Páscoa, que este ano ocorreu na primeira semana de abril, tendo efeitos positivos no fim de março.

Apesar disso, a despesa financeira líquida da companhia totalizou 340,9 milhões de reais, avanço de 17,6 por cento, devido ao aumento da taxa do certificado de depósito interbancário (CDI), além do investimento de 1 bilhão de reais no aumento de capital de sua subsidiária, a empresa de comércio eletrônico B2W.

A B2W teve receita bruta consolidada de 2,5 bilhões de reais, crescimento de 25,1 por cento ano contra ano.

A Lojas Americanas inaugurou oito lojas até agora em 2015, e tem mais de 95 contratadas ou em estágio avançado de negociação, segundo seu relatório de resultados. Atualmente, a companhia tem 960 lojas em 353 cidades do país.

A empresa disse manter seu plano de expansão para os próximos cinco anos, que prevê abertura de dois novos centros de distribuição e 800 novas lojas no Brasil, com investimentos previstos de 4 bilhões de reais até 2019.

A geração de caixa medida pelo Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado da companhia foi de 453,8 milhões de reais, avanço de 18,1 por cento na mesma base de comparação.   Continuação...