Reforma grega não avançou o suficiente, diz representante da UE

sexta-feira, 8 de maio de 2015 16:35 BRT
 

PARIS (Reuters) - A reforma da economia da Grécia não está avançando rápido e nem o suficiente, disse nesta sexta-feira o comissário para assuntos econômicos e monetários da União Europeia, Pierre Moscovici.

O representante da UE disse à rádio francesa Europe 1 que é preciso fazer progresso na reunião de ministros das Finanças do Eurogrupo na segunda-feira.

"O progresso seria se o governo da Grécia decidisse adotar uma série de reformas que fortaleça a economia grega", disse.

"Até o momento, as coisas não têm acontecido rápido o bastante nem ido longe o suficiente. Todo mundo está começando a entender isso agora, que não há alternativa, que nós precisamos agir rapidamente", acrescentou.

Ele afirmou que o lugar da Grécia é na zona do euro. "A Grécia precisa disso, os gregos querem isso e nós também precisamos disso", disse.

(Por Geert De Clercq e Yann Le Guernigou)