United Airlines anuncia redução na oferta de voos transatlânticos

sexta-feira, 8 de maio de 2015 21:23 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - A United Continental Holdings anunciou nesta sexta-feira que planeja cortar alguns voos transatlânticos depois que a temporada de pico de viagens de verão acabar, já que o dólar valorizado tem pressionado a demanda internacional.

A companhia com sede em Chicago disse em comunicado que planeja suspender o serviço para Estocolmo (Suécia) e Oslo (Noruega) a partir de Newark, em Nova Jersey, entre 5 de setembro de 2015 e 4 de maio de 2016.

A empresa também deve suspender um de seus dois voos diários entre Newark e Paris a partir de 25 de outubro até 26 de março de 2016, mas utilizar um avião maior, o Boeing 777-200, do que o utilizado atualmente nesta rota.

Com o poder dos viajantes estrangeiros afetado pelo dólar mais forte, as companhias aéreas norte-americanas têm agradado os investidores recentemente ao anunciar cortes de capacidade para que a oferta de assentos em determinados mercados não exceda a demanda.

A Delta Air Lines afirmou que vai reduzir a capacidade transatlântica entre zero e 2 por cento no quarto trimestre, além de reduzir as operações para Japão, Brasil e outros lugares em pelo menos 15 por cento.

Separadamente, a United anunciou nesta sexta-feira que espera receber nove aviões Boeing 787-9 Dreamliner entre agora e março de 2016. A empresa quer usar esses aviões principalmente em rotas a partir de Houston, seu centro de operações, a cidades da América do Sul e Europa, e para Los Angeles e Denver.

Ao direcionar alguns destes aviões maiores às rotas da América do Sul, a empresa poderá transferir aeronaves menores do modelo Boeing 767-300ER para rotas transatlânticas no inverno, quando há redução na demanda, acrescentou a United.

(Reportagem de Jeffrey Dastin)