Alemanha não vê acordo de dívida com Grécia na 2a-feira, alerta contra default

sábado, 9 de maio de 2015 12:02 BRT
 

Por Michael Nienaber

BERLIM (Reuters) - O ministro das Finanças alemão, Wolfgang Schaeule, não espera um acordo final sobre as negociações de empréstimos para reforma entre Atenas e seus credores na reunião do Eurogroup de segunda-feira, disse ele a um jornal, alertando contra um possível default grego.

"Eu não vejo que tudo será resolvido por eles", afirmou Schaeuble ao jornal Frankfurter Allgemeine Sonntagszeitung em entrevista publicada neste sábado.

O ministro, aliado próximo da chanceler Angela Merkel, disse que a situação financeira de Atenas não parece muito boa e que não sabe se o governo grego tem uma visão exata de suas finanças.

"Esses processos também têm elementos irracionais", Schaeuble alertou, acrescentando: "Experiências do resto do mundo mostram que um país pode entrar subitamente em falência."

A Grécia espera que sua economia cresça um pouco mais que um terço do ritmo originalmente previsto em seu orçamento de 2015, como sugeriu um plano do ministro das Finanças neste sábado. O governo tem ordenado que entidades estatais coloquem dinheiro ocioso no banco central para manter suas finanças líquidas.