Grécia não avalia plano B, quer crédito por progresso em negociações

segunda-feira, 11 de maio de 2015 07:56 BRT
 

ATENAS (Reuters) - A Grécia quer que os ministros das Finanças da zona do euro reconheçam que houve progresso nas negociações com seus credores internacionais e não está avaliando qualquer "plano B", disse nesta segunda-feira o porta-voz do governo, Gabriel Sakellaridis, antes da reunião do Eurogrupo em Bruxelas.

"O governo não estão considerando qualquer plano B", afirmou ele a jornalistas.

"O que o governo quer da reunião de hoje do Eurogrupo é ter em registro que houve progresso considerável nas negociações".

Sakellaridis disse que Atenas, que enfrenta um pagamento de 750 milhões de euros em dívida ao Fundo Monetário Internacional (FMI) na terça-feira, não está atrelando o pagamento ao resultado da reunião do Eurogrupo.

"Não estamos ligando isso aos resultados da reunião do Eurogrupo de hoje, porque uma postura como essa seria um tipo de ultimato e poderia ser vista como chantagem", afirmou.

(Reportagem de George Georgiopoulos)