BHP planeja cortes de custos mais profundos para enfrentar queda em commodities

terça-feira, 12 de maio de 2015 10:23 BRT
 

LONDRES (Reuters) - A BHP Billiton disse nesta terça-feira que vai cortar seus custos de produção de minério de ferro ainda mais e reduzir as despesas para aguentar melhor uma baixa nos preços de commodities que está testando até mesmo as pesos-pesados da indústria de mineração.

A gigante BHP, maior companhia de mineração do mundo, e a Rio Tinto estão numa disputa para se tornar a produtora de minério de ferro com custo mais baixo. Ao mesmo tempo, elas estão aumentando a produção do minério, esperando forçar concorrentes para fora do mercado e conquistar uma maior participação.

O presidente-executivo da BHP Billiton, Andrew Mackenzie, descartou críticas de que essa estratégia está alimentando a forte queda nos preços do minério de ferro.

"Operamos em mercados altamente competitivos e cíclicos, onde o desempenho de lucro acima da média durante o ciclo depende em ser o fornecedor mais eficiente, não em restrição de oferta", disse Mackenzie, falando uma conferência de investidores em Barcelona.

"Neste ambiente estamos bem preparados para a possibilidade de um período estendido de preços menores em várias commodities."

A BHP disse que reduzirá seus gastos de capital e de exploração para 9 bilhões de dólares no ano fiscal de 2016 ante 12,6 bilhões em 2015.

(Por Silvia Antonioli)