Kroton tem espaço para continuar crescendo margens apesar de Fies, diz presidente

terça-feira, 12 de maio de 2015 13:05 BRT
 

Por Luciana Bruno

SÃO PAULO (Reuters) - A empresa de educação Kroton tem espaço para continuar ampliando margens e continua de olho em possíveis aquisições no segmento presencial, após conseguir neutralizar os efeitos negativos das mudanças que restringiram o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), disse nesta terça-feira o diretor-presidente da companhia, Rodrigo Galindo.

"Temos espaço para continuar crescendo margens. Conseguimos reverter o quadro e estamos confiantes com o ano", disse o executivo em teleconferência com analistas.

A Kroton encerrou o primeiro trimestre com margem Ebitda de 42,8 por cento, ante 39,9 por cento no primeiro trimestre de 2014. A empresa teve lucro líquido ajustado de 455,3 milhões de reais, alta de 56,9 por cento, resultado atribuído ao controle mais rígido de custos e despesas.

"Conseguimos neutralizar efeitos adversos das mudanças regulatórias do Fies", disse Galindo, citando também a oferta de crédito estudantil privado que passou a ser oferecido pela companhia. "Temos conforto para apresentar 'guidance' forte para 2015, com aumento de receita e de margem Ebitda", disse ele se referindo às projeções de desempenho para o ano.

A Kroton projeta lucro líquido de 1,44 bilhão de reais em 2015, avanço de 8,4 por cento sobre 2014. A expectativa é que o Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) alcance 1,93 bilhão de reais, crescimento de 13,4 por cento.

Já os investimentos totais como percentual da receita líquida devem passar de 9,9 para 7,5 por cento na mesma base de comparação.

Às 12h58, as ações da companhia lideravam o Ibovespa, saltando mais de 8 por cento ante valorização de 0,33 por cento do índice.

  Continuação...