África do Sul pode importar milho do Brasil e da Argentina, diz governo

quarta-feira, 13 de maio de 2015 09:49 BRT
 

CIDADE DO CABO (Reuters) - A África do Sul pode ter que importar milho do Brasil e da Argentina para fortalecer a oferta local reduzida pela seca, disse uma autoridade sênior do governo nesta quarta-feira.

Segundo a autoridade, o fato de Brasil e Argentina produzirem milho transgênico não é um problema.

"Uma vez que importamos milho de origem transgênica, gostaríamos de importar de países que estão sincronizados conosco, e estes países hoje seriam em termos de similaridades a Argentina e o Brasil", disse o vice-diretor-geral interino de produção agrícola, Mooketsa Ramasodi.

Ele disse que a quantidade exata de importação ainda precisará ser determinada, embora a colheita da safra desta temporada tenha sido a mais fraca em oito anos devido a condições climáticas secas em importantes regiões produtoras de milho do maior produtor de culturas transgênicas da África.

(Por Wendell Roelf)

 
Fazenda de milho em Limoeiro do Norte, Ceará. 15/01/2015 REUTERS/Davi Pinheiro