Telefônica Brasil espera alcançar 70% de sinergias com GVT em três anos

quarta-feira, 13 de maio de 2015 16:13 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Telefônica Brasil espera atingir em três anos cerca de 70 por cento das sinergias estimadas com a aquisição da GVT, disse nesta quarta-feira o presidente interino da companhia, Alberto Horcajo.

A economia total de custos projetada pela união das duas empresas de telecomunicações é de cerca de 1,2 bilhão de reais em bases anuais a partir do quinto ano.

"Provavelmente no terceiro ano estaríamos em 70 por cento desse valor. Vamos trabalhar para atingir essas metas", disse Horcajo em teleconferência com jornalistas sobre os resultados da Telefônica Brasil no primeiro trimestre.

O Conselho de Administração da Telefônica Brasil convocou para 28 de maio assembleia geral extraordinária de acionistas para deliberar sobre a compra da operadora de banda larga GVT, data em que deve ocorrer o pagamento ao grupo francês Vivendi, ex-dono da GVT.

Segundo fato relevante divulgado nesta quarta, a assembleia tratará da aquisição pela Telefônica Brasil da totalidade de ações de emissão da GVTPar e de 675.571 ações de emissão da GVT, bem como da incorporação de ações da GVTPar pela empresa.

Também na assembleia o presidente da GVT, Amos Genish, será ratificado como presidente e diretor-geral da Telefônica Brasil, disse Horcajo. Genish já foi indicado pelo Conselho da empresa.

A Telefônica Brasil, controlada pela espanhola Telefónica, anunciou em setembro a compra da GVT por cerca de 7,2 bilhões de euros, com pagamento em dinheiro e ações.

(Por Luciana Bruno)