Ministro grego pede que pagamento de dívidas ao BCE seja adiado

quinta-feira, 14 de maio de 2015 08:22 BRT
 

ATENAS (Reuters) - A dívida da Grécia não é viável e o pagamento de passivos do país ao Banco Central Europeu (BCE) deveria ser adiado, afirmou nesta quinta-feira o ministro das Finanças grego, Yanis Varoufakis.

"Entre julho e agosto o Ministério das Finanças terá de tomar emprestados 6,7 bilhões de euros junto a nossos parceiros de uma maneira ou de outra para pagar os títulos do programa SMP", disse Varoufakis em uma conferência em Atenas, referindo-se aos bônus comprados pelo BCE sob o Programa de Mercados de Ativos (SMP, na sigla em inglês) entre 2010 e 2011.

"Cerca de 27 bilhões de euros de títulos ainda existem, que devem ser pagos nos próximos meses ou anos. Esses títulos deveriam ser adiados para um futuro distante. Isso está claro.Varoufakis foi afastado das negociações com a UE e o FMI mas continua envolvido nas conversas.

(Reportagem de Lefteris Papadimas)

 
Ministro das Finanças grego, Yanis Varoufakis, durante conferência em Atenas.  14/05/2015     REUTERS/Alkis Konstantinidis