Ameaça de bomba interrompe final de concurso alemão de modelos na TV

sexta-feira, 15 de maio de 2015 09:39 BRT
 

Por Maria Sheahan

FRANKFURT (Reuters) - A polícia alemã disse nesta sexta-feira que abriu uma investigação sobre uma mulher não identificada que fez uma ameaça de bomba durante a final ao vivo na TV de um concurso de modelos, o que levou a emissora ProSieben a interromper o programa.

Milhares de pessoas foram retiradas da SAP Arena, na cidade de Mannheim, no sudoeste da Alemanha, onde a modelo alemã Heidi Klum estava apresentando a final do Next Topmodel, após a ligação com a ameaça de bomba às 21h (horário local) na quinta-feira.

O caso provocou preocupações também sobre uma mala suspeita encontrada perto do vestiário, mas depois a polícia constatou que o objeto não continha explosivos. A arena foi rastreada por um cão farejador de bombas. Nenhum item suspeito foi encontrado e todas as instalações foram liberadas por volta de 22h, disseram em um comunicado.

A polícia disse que a investigação sobre a ligação telefônica estava em andamento e não podia dar mais informações. Segundo a polícia, o público de cerca de 8.000 a 10.000 pessoas deixou a Arena SAP de uma forma tranquila. O Jornal Bild disse em seu site que Heidi, sua filha Leni e o júri do concurso tinham sido levados para um local desconhecido.

"Infelizmente não conseguimos celebrar o nosso grande final do modo como havíamos planejado", disse Heidi no Facebook, acrescentando que a vencedora do concurso seria escolhida dentro de alguns dias.

Ao longo de suas dez temporadas no ar, o Next Topmodel da Alemanha, um reality show baseado no programa norte-americano America’s Next Top Model, da modelo Tyra Banks, tem sido alvo de críticas de muitos grupos que dizem que transmite ideais irrealistas de beleza para telespectadores adolescentes.

(Reportagem adicional de Michelle Martin e Caroline Copley em Berlim)

 
Programa "Germany's Next Top Model by Heidi Klum" de 2012. 07/06/2012 REUTERS/Wolfgang Rattay