PetroRio tem interesse em avaliar ativos à venda da Petrobras, diz diretor

sexta-feira, 15 de maio de 2015 13:38 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A PetroRio (ex-HRT) tem interesse em avaliar ativos que podem ser colocados à venda pela Petrobras, afirmou nesta sexta-feira o diretor Financeiro e de Relações com Investidores da empresa, Guilherme Marques.

A estatal anunciou recentemente um plano ambicioso de desinvestimentos para o biênio 2015 e 2016, de cerca de 13 bilhões de dólares.

Marques destacou que a empresa busca aquisições de campos maduros em produção.

"A gente precisa ver qual o interesse da Petrobras, eu acredito que em algum momento a Petrobras vai se ver em uma situação de colocar ativos em produção à venda", disse Marques em teleconferência com analistas para comentar os resultados do primeiro trimestre da PetroRio.

O apetite permanece apesar de recentes compras anunciadas pela companhia.

Marques aguarda ainda para este ano a aprovação de órgãos reguladores para a compra dos 40 por cento restantes de Polvo, da Maersk, e de 80 por cento dos campos de Bijupirá e Salema, da anglo-holandesa Shell, ambos na Bacia de Campos.

No caso de Polvo, a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) já negou duas vezes a finalização da compra e a PetroRio está apresentando novas informações.

"Ela negou em função de um desequilíbrio econômico financeiro na análise do projeto", explicou o executivo, que destacou estar trabalhando junto a sua sócia para a solução da questão.

Segundo o executivo, entre janeiro e março de 2015, a produção total do campo de Polvo atingiu 842.343 barris, com eficiência operacional média de 98,8 por cento.   Continuação...