Premiê grego insiste em evitar cortes de pensões e necessidade de investimento

segunda-feira, 18 de maio de 2015 14:39 BRT
 

ATENAS (Reuters) - O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, afirmou nesta segunda-feira que um acordo com credores para destravar auxílio financeiro não pode impor mais cortes de aposentadorias e deve em vez disso tratar dos problemas de financiamento de longo prazo do país e incluir um programa de investimento arrojado.

A Grécia e seus credores da União Europeia e do Fundo Monetário Internacional (FMI) estão travados em negociações há meses sobre um acordo que liberaria recursos a Atenas em troca de reformas econômicas. A Grécia tem se recusado a permitir que cortes de salários e pensões façam parte de qualquer acordo.

(Reportagem de Lefteris Papadimas)