Deutsche Bank analisa reduzir presença no Reino Unido caso país saia da zona do euro

terça-feira, 19 de maio de 2015 08:30 BRT
 

FRANKFURT (Reuters) - O Deutsche Bank, o segundo maior banco da zona do euro em ativos com grandes operações na Grã-Bretanha, deu início a preparações iniciais para uma possível saída do Reino Unido da União Europeia conforme o primeiro-ministro do país, David Cameron, prepara um referendo sobre o assunto.

O maior banco alemão criou um grupo de trabalho para considerar a mudança de algumas operações para a Alemanha ou outro lugar na zona do euro caso a Grã-Bretanha decida sair, disse uma porta-voz do banco.

O grupo de trabalho de alto escalão - que inclui executivos nas divisões de estratégia, risco, administração e pesquisa - vai examinar diferentes cenários da saída da Grã-Bretanha e suas implicações para a larga operação do banco no país, segundo a porta-voz.

O Deutsche tem pouco menos de 9 mil funcionários em 16 localidades na Grã-Bretanha, ante 21 locais há cinco anos. O banco tem presença no país desde 1873.

(Por Thomas Atkins)