Levy defende redução das desonerações para não elevar déficit previdenciário

terça-feira, 19 de maio de 2015 17:29 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, voltou a defender as medidas de ajuste fiscal, incluindo a redução das desonerações para equilibrar as contas públicas do país e voltar ao crescimento.

Segundo o ministro, que participa de reunião com deputados do PMDB, não é possível deixar que o déficit previdenciário continue aumentando, portanto, é preciso reduzir as desonerações da folha de pagamentos pela metade.

(Por Luciana Otoni)