Wall St fecha sem tendência única, mas índice Dow Jones renova máxima histórica

terça-feira, 19 de maio de 2015 17:54 BRT
 

Por Noel Randewich

(Reuters) - Os principais índices acionários dos Estados Unidos fecharam mistos nesta terça-feira, com o Dow Jones subindo levemente para o segundo recorde seguido, conforme Wall Street digeria o dado do mercado imobiliário que foi visto por alguns como esperançoso para a economia que vem sofrendo para retomar o ritmo de crescimento.

O índice Dow Jones subiu 0,07 por cento, a 18.312 pontos. O S&P 500 chegou a atingir nova máxima intradia, aos 2.133 pontos, mas acabou fechando com leve queda de 0,06 por cento, a 2.127 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuou 0,17 por cento, a 5.070 pontos.

O início de construção de moradias saltou ao maior patamar em quase 7 anos e meio em abril, e as licenças também registraram forte alta.

Alguns analistas interpretaram o dado como um sinal promissor de que a fraca economia pode estar ganhando fôlego, enquanto outros voltaram as atenções para as incertezas sobre quando o Federal Reserve vai começar a aumentar a taxa de juros.

Dos dez principais índices setoriais do S&P 500, sete terminaram em baixa, com o índice de energia caindo 1,23 por cento. Os preços do petróleo caíram conforme o dólar se fortaleceu e devido à evidência de amplo fornecimento de petróleo do Oriente Médio apesar de guerras em regiões do Iraque, Síria e Iêmen.

As ações do Wal-Mart caíam 4,37 por cento para 76,43 dólares e exerceram a maior pressão de queda no Dow Jones e no S&P 500, após a companhia registrar crescimento menor que o esperado nas vendas em mesmas lojas nos Estados Unidos.