Monsanto diz que venderia negócio de sementes da Syngenta em caso de fusão

quarta-feira, 20 de maio de 2015 12:30 BRT
 

(Reuters) - A Monsanto, maior empresa de sementes do mundo, disse nesta quarta-feira que planeja vender todos os ativos de sementes e variedades da Syngenta, além de alguns ativos químicos, para obter a aprovação de órgãos reguladores para seu plano de comprar a rival suíça.

O presidente da Monsanto, Brett Begemann, disse em nota que a companhia norte-americana enxerga a aquisição da Syngenta como um movimento em direção à "redefinição do futuro da agricultura" e que está confiante que pode dar uma resposta às preocupações regulatórias sobre a fusão de duas gigantes do setor de agroquímicos e sementes.

A Syngenta já rejeitou uma oferta de 45 bilhões de dólares, mas a Monsanto continua tentando fechar o negócio.

(Por Carey Gillam, em Kansas City)