Autoridades do Fed sentem que dados não devem sancionar alta de juro em junho, mostra ata

quarta-feira, 20 de maio de 2015 15:11 BRT
 

WASHINGTON (Reuters) - Muitas autoridades do Federal Reserve acreditavam na reunião de abril que seria prematuro aumentar a taxa de juros em junho e que o impulso para a inflação era ofuscado por um mercado de trabalho mais fraco e indicadores econômicos piores, mostrou a ata da última reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês).

"Muitos participantes, no entanto, acreditavam que é improvável que os dados disponíveis em junho forneceriam confirmação suficiente de que as condições para aumentar (os juros) foram satisfeitas...", trouxe o documento.

(Reportagem de Michael Flaherty)