Navio encalhado provoca fila de 48 navios em principal hidrovia de grãos da Argentina

quarta-feira, 20 de maio de 2015 18:58 BRT
 

BUENOS AIRES (Reuters) - O tráfego de embarcações no rio Paraná, a principal via pela qual as exportações agrícolas saem da Argentina, ficou interrompido nesta quarta-feira por um navio encalhado bloqueando a passagem de 48 navios, disse a Câmara de Atividades Portuárias e Marítimas (CAPyM).

O barco Nord Hydra encalhou na segunda-feira no quilômetro 290 do Paraná e interrompeu o fluxo de cargas no importante rio do país que é um dos principais exportadores agrícolas do mundo.

Dois rebocadores tentavam liberar o navio encalhado nesta quarta-feira, disse a CAPyM.

"O Nord Hydra segue encalhado. Estão os dois rebocadores puxando para tentar tirá-lo, mas segue tudo na mesma", disse à Reuters o gerente da CAPyM, Guillermo Wade.

O acidente afeta o tráfego para a área portuária formada pelas cidades de San Lorenzo, Puerto General San Martín e Timbúes, localizada cerca de 50 quilômetros ao norte da cidade litorânea de Rosário, onde são carregados cerca de 80 por cento das exportações agrícolas da Argentina.

No entanto, apesar do impedimento para novos acessos de embarcações ao polo exportador agrícola, terminais continuaram suas atividades na região.

"Os barcos continuam a carregar, mas não recebem plena carga, de modo que, quando o Nord Hydra for liberado, eles possam sair com o calado autorizado pelas autoridades", disse Wade.

(Por Maximilian Heath)