Demanda da Gol sobe em abril, mas empresa reitera estabilidade em oferta em 2015

quarta-feira, 20 de maio de 2015 20:34 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Gol teve um avanço na demanda do mercado doméstico em abril e reiterou que manterá em 2015 o nível de oferta de voos de 2014, enquanto o cenário para as tarifas seguiu em tendência de queda.

"Ainda que a capacidade doméstica tenha apresentado aumento no acumulado do ano até o mês de abril, a Gol reafirma a projeção de crescimento zero para o ano de 2015", disse a companhia aérea, em comunicado.

De janeiro a abril, a oferta da empresa no mercado doméstico subiu 1,7 por cento sobre um ano antes, enquanto a demanda no segmento teve alta de 4,8 por cento no período.

Considerando apenas abril, a oferta de lugares da companhia em voos domésticos ficou praticamente estável sobre um ano antes, subindo 0,4 por cento. Já a demanda teve alta de 4,3 por cento no mês passado.

No mercado doméstico, a taxa de ocupação da empresa encerrou abril em 79,8 por cento, ante 76,8 por cento um ano antes.

A Gol disse ainda que as tarifas de passagens aéreas cobradas pela empresa em abril mantiveram trajetória de queda verificada desde o início do segundo semestre de 2014, citando a menor atividade econômica do país e cenário de competição no setor aéreo.

A demanda por voos internacionais da empresa subiu 3,8 por cento ano a ano em abril, enquanto a oferta cresceu 4,1 por cento. A taxa de ocupação do segmento fechou abril em 70,2 por cento, queda de 0,2 ponto percentual sobre o ano anterior.

(Por Juliana Schincariol)