Agroconsult eleva projeções de safras do país e vê recorde para milho

quinta-feira, 21 de maio de 2015 12:32 BRT
 

Por Gustavo Bonato

SÃO PAULO (Reuters) - A Agroconsult elevou nesta quinta-feira em 1 milhão de toneladas sua previsão para a segunda safra de milho do Brasil em 2014/15, com colheita prestes a começar, para um recorde de 51,4 milhões de toneladas, citando lavouras com excelente desenvolvimento em todas as regiões e bons volumes de chuva em maio.

A consultoria também aumentou as previsões para as safras de verão de soja e milho no país, na comparação com números apresentados em março.

Com isso, o Brasil deverá ter surpreendentemente uma safra total de milho recorde, assim como já era esperado para a soja. Essa produção histórica do cereal deverá ocorrer apesar de o país ter reduzido o plantio do grão em 2014/15 em cerca de 4 por cento, segundo dados do Ministério da Agricultura.

O ajuste das projeções, que aponta para uma safra total de milho de 82,1 milhões de toneladas e de 96,1 milhões de toneladas de soja, faz parte do trabalho da expedição técnica Rally da Safra, que está percorrendo as principais regiões produtoras do país para coleta de amostras nas lavouras.

"Os volumes pluviométricos beneficiam o desenvolvimento de todas as lavouras. No Mato Grosso, mesmo as áreas mais tardias, plantadas fora do calendário considerado ideal, apresentam ótimo desenvolvimento e condições superiores em relação à safra passada em todas as regiões", disse o coordenador do Rally, André Pessôa, também diretor da Agroconsult.

No sul de Mato Grosso do Sul e norte do Paraná, a expectativa dos produtores é de que não ocorram geadas, acrescentou a Agroconsult, em nota.

Para a primeira safra de milho, a consultoria estimou colheita de 30,7 milhões de toneladas, ante 29 milhões divulgados em março.

Com a colheita de soja encerrada nas principais regiões produtoras, a expectativa é que a produção nacional este ano chegue a um recorde acima de 96 milhões de toneladas, ante 95,8 milhões da estimativa de março.   Continuação...