Barbosa: contingenciamento reduz despesas discricionárias aos níveis de 2012

sexta-feira, 22 de maio de 2015 17:17 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, disse nesta sexta-feira que o contingenciamento no Orçamento da União de 2015 reduz as despesas discricionárias aos níveis de 2012, destacando a relevância de se promover um esforço fiscal dessa magnitude.

Segundo ele, o governo quer elevar gradualmente o superávit primário para atingir a meta nominal deste ano de 66,3 bilhões de reais em economias para pagamento de juros da dívida pública. "O esforço fiscal é o primeiro passo necessário para recuperar um crescimento sustentável", afirmou Barbosa em entrevista coletiva para detalhar o contingenciamento.

(Reportagem de Luciana Otoni)