Wall St fecha no vermelho após declarações de Yellen

sexta-feira, 22 de maio de 2015 17:54 BRT
 

Por Noel Randewich

(Reuters) - Os principais índices acionários dos Estados Unidos fecharam com baixa modesta nesta sexta-feira, após a chair do Federal Reserve, Janet Yellen, sinalizar que o banco central norte-americano caminha para elevar a taxa de juros este ano, em linha com as expectativas de Wall Street.

O índice Dow Jones caiu 0,29 por cento, a 18.232 pontos, enquanto o S&P 500 teve perda de 0,22 por cento, a 2.126 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq encerrou com variação negativa de 0,03 por cento, a 5.089 pontos.

A fraca sessão encerrou uma semana de baixo volume de negociação, o que deixou muitos investidores em dúvida sobre a durabilidade dos níveis recordes dos índices acionários.

Em um discurso, Yellen disse que um aumento de juros seria justificado este ano se a economia se mantiver melhorando, conforme o esperado. Ela também disse que levaria muitos anos até que as taxas de juros voltassem ao normal.

Os índices Dow Jones e S&P 500 atingiram recordes esta semana, mas a queda desta sessão deixou o Dow Jones no vermelho no período, com queda de 0,2 por cento. O S&P 500 subiu 0,20 por cento na semana, enquanto o Nasdaq avançou 0,8 por cento.

O volume negociado ficou abaixo da média do mês durante diversas sessões. Nesta sexta-feira, antes do fim de semana prolongado devido ao feriado Memorial Day, na segunda-feira, cerca de 4,9 bilhões de ações foram negociadas nas bolsas dos EUA, abaixo da média do mês, de 6,2 bilhões, segundo dados da BATS Global Markets.