22 de Maio de 2015 / às 21:10 / 2 anos atrás

Ibovespa cai 5% em semana com apreensão sobre alta de tributos e ajuste em Petrobras

SÃO PAULO (Reuters) - A Bovespa fechou em queda nesta sexta-feira, completando quatro pregões de baixa em uma semana marcada por recuo da Petrobras e apreensão sobre potenciais efeitos nas empresas de medidas para melhorar as contas públicas, especialmente bancos.

O principal índice da bolsa paulista caiu 1,33 por cento, a 54.377 pontos, cedendo 5 por cento na semana, que teve apenas a quinta-feira positiva. Nesta sexta, o governo anunciou corte de 69,946 bilhões de reais no Orçamento de 2015.

O volume financeiro desta sessão na bolsa alcançou 7,77 bilhões de reais.

O governo federal publicou medida provisória elevando a alíquota da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) de instituições financeiras, de 15 para 20 por cento, confirmando especulações sobre elevação de tributo para o setor.

Próximo do fechamento, os Ministérios do Planejamento e da Fazenda também anunciaram que o corte no Orçamento da União de 2015 será de 69,946 bilhões de reais, incluindo redução de 9,4 bilhões de reais em Educação e 11,8 bilhões de reais em Saúde, em linha com o previsto pelo mercado.

No exterior, a chair do Federal Reserve, Janet Yellen, corroborou o tom negativo na Bovespa ao afirmar no início da tarde que espera elevação dos juros nos Estados Unidos neste ano, uma vez que a economia do país caminha para se recuperar da fraqueza no primeiro trimestre.

DESTAQUES

ITAÚ UNIBANCO e BRADESCO perderam 2,1 por cento, enquanto BANCO DO BRASIL caiu 3,4 por cento e SANTANDER BRASIL cedeu 1 por cento após o governo elevar a alíquota da CSLL do setor financeiro de 15 para 20 por cento. O BTG Pactual avaliou que o impacto no lucro dos bancos em 2016 deve ser de 5 a 8 por cento. Os quatro bancos recuaram em todos os pregões da semana, com Itaú, Bradesco e BB acumulando declínio de 9 a 10 por cento, e Santander Brasil perdendo cerca de 6 por cento.

BB SEGURIDADE recuou 3,3 por cento. Pelo cálculo do Credit Suisse, a CSLL maior terá efeito negativo de 5,5 por cento no lucro líquido da seguradora em 2016.

PETROBRAS voltou a cair, após a trégua da véspera, antes de assembleia de acionistas na segunda-feira para aprovar o balanço de 2014 e tendo como pano de fundo a queda do petróleo no exterior. A ação PN caiu 2,75 por cento e a ON caiu 2,2 por cento, acumulando na semana declínio de quase 7 por cento e pouco mais de 6,3 por cento, respectivamente.

ELETROBRAS fechou sem tendência única. A Moody’s rebaixou o rating da empresa para baixo do nível grau de investimento. As ações se recuperaram, com operadores citando matéria da Agência Estado sobre minoritários reclamando na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) o direito de eleger membro no Conselho para donos de papéis preferenciais. Após fortes perdas, os papel ON fechou em alta de 1,5 por cento, enquanto a PN reduziu a queda para 1,07 por cento.

KROTON EDUCACIONAL caiu 0,32 por cento e ESTÁCIO PARTICIPAÇÕES recuou 0,53 por cento, após fortes ganhos da manhã, após informações de que o setor de Educação seria uma das mais atingidas pelos cortes no Orçamento, o que se confirmou com a divulgação dos números oficiais.

VALE destoou da tendência geral e encerrou em alta pelo segundo pregão seguido, com as preferenciais avançando 1,3 por cento, em meio à alta do minério de ferro na China. Na semana, porém, os papéis caíram 4,15 por cento.

EMBRAER liderou os ganhos, com elevação de 2,99 por cento, beneficiada pela valorização do dólar frente ao real, que acelerou, após o discurso de Yellen.

FIBRIA e SUZANO PAPEL E CELULOSE também apareceram entre as poucas altas do dia, acompanhando o movimento do câmbio.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below