Índice acionário asiático tem leve queda, mas bolsa de Xangai salta

segunda-feira, 25 de maio de 2015 07:40 BRT
 

Por Lisa Twaronite

TÓQUIO (Reuters) - A maioria dos índices acionários asiáticos fechou em alta nesta segunda-feira, com o índice em Xangai registrando a maior alta diária desde 21 de janeiro.

Mas o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão recuava 0,05 por cento às 7h29 (horário de Brasília). O movimento vinha após a aceleração da inflação nos Estados Unidos e discurso da chair do Federal Reserve, Janet Yellen, reforçarem expectativas de que o banco central norte-americano caminha para elevar os juros.

A bolsa de Xangai exibiu o maior ganho em quatro meses, liderada por ações de infraestrutura e transportes, depois que Pequim convidou investidores privados a ajudar a construir 318 bilhões de dólares de projetos que vão desde rodovias a túneis.

A atividade deve ser contida nesta sessão, com as bolsas em Hong Kong e Coreia do Sul fechadas, enquanto os mercados no Reino Unido e Estados Unidos não abriram devido feriados.

A bolsa japonesa avançou, impulsionada pela queda do iene e pelo avanço das exportações japonesas em abril.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,74 por cento, a 20.413 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 3,35 por cento, a 4.813 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,07 por cento, a 9.645 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,31 por cento, a 3.460 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 1,00 por cento, a 5.721 pontos.