Acionistas da Petrobras aprovam balanço de 2014 em Assembleia Geral

segunda-feira, 25 de maio de 2015 19:25 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Acionistas da Petrobras aprovaram nesta segunda-feira, em Assembleia Geral Extraordinária (AGE), as demonstrações contábeis da companhia de 2014, publicadas em abril, disse o representante de um acionista minoritário.

O balanço foi aprovado com mais de 70 por cento dos votos a favor e com cerca de 7 por cento contra. Os cerca de 20 por cento restantes foram de abstenções, disse Silvio Sinedino, representante do acionista minoritário Associação dos Engenheiros da Petrobras (Aepet).

"Não tinha como [o balanço] não ser aprovado", disse Sinedino, que já integrou o Conselho de Administração da companhia por dois mandatos, ressaltando que a União é a acionista majoritária.

A aprovação acontece apesar de questionamentos feitos por acionistas preferencialistas, que não concordaram com a decisão da Petrobras de não pagar dividendos.

O questionamento chegou a ser levantado durante a assembleia, mas foi derrubado por parecer da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que disse não ter encontrado ilegalidade na proposta da Petrobras, disse Sinedino

A Petrobras teve um prejuízo de 21,6 bilhões de reais no ano passado, após contabilizar perdas de 6,2 bilhões de reais por corrupção e reduzir em mais de 44 bilhões de reais o valor de seus ativos, de acordo com seu balanço auditado. [L1N0XJ3EY]

(Por Marta Nogueira)