Índice acionário asiático fecha em alta, puxado por China e Hong Kong

terça-feira, 26 de maio de 2015 07:40 BRT
 

Por Lisa Twaronite

TÓQUIO (Reuters) - Os índices acionários asiáticos fecharam em alta nesta terça-feira, revertendo perdas do começo da sessão sustentados por ganhos nas bolsas de Hong Kong e da China.

Às 7h31 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão avançava 0,17 por cento.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng flertou com as máximas em sete anos, reagindo a expectativas de mais entradas de recursos do continente após Pequim adotar novas medidas para incentivar o investimento transfronteiriço. A bolsa de Xangai também avançou, marcando novas máximas em sete anos.

O índice japonês Nikkei subiu pelo oitavo pregão consecutivo e renovou a máxima em 15 anos, apesar de alguns estrategistas dizerem que investidores podem começar a realizar lucros nos atuais níveis.

"Seja um risco político na zona do euro, volatilidade no mercado de bônus ou o momento da elevação do juro nos Estados Unidos, não podemos ignorar esses riscos", disse o estrategista de investimento sênior da Mitsubishi UFJ Morgan Stanley Securities Norihiro Fujito, explicando o motivo pelo qual investidores podem desfazer algumas de suas posições altistas.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,12 por cento, a 20.437 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,92 por cento, a 28.249 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSE ganhou 2,02 por cento, a 4.910 pontos.   Continuação...