Ações europeias fecham em queda por preocupação com Espanha e Grécia

terça-feira, 26 de maio de 2015 15:00 BRT
 

Por Sudip Kar-Gupta

LONDRES (Reuters) - O principal índice europeu de ações fechou em queda nesta terça-feira, com os problemas envolvendo a dívida da Grécia e o resultado das eleições locais na Espanha ofuscando o avanço de papéis de companhias áereas.

O índice FTSEurofirst 300 recuou 0,84 por cento, a 1.602 pontos, mas ainda acumula alta de cerca de 20 por cento desde o início de 2015.

A ação da companhia aérea irlandesa Ryanair saltou 5,4 por cento, após a empresa divulgar lucro mais alto. As ações da rival Aer Lingus também subiram, após o primeiro-ministro da Irlanda anunciar que o governo vai discutir a venda de sua fatia na empresa.

No entanto, ações de bancos espanhóis recuaram. Os papéis do Popular, Sabadell e Caixabank encerraram no vermelho, após o Partido Popular (PP) espanhol sofrer a maior derrota em 20 anos em eleições locais, refletindo o descontentamento dos eleitores com quatro anos de austeridade fiscal.

O índice grego ATG avançou 1,05 por cento, recuperando-se da queda de 3,1 por cento na segunda-feira, mas marca ganho zero desde o início de 2015, desempenho pior que os ralis de outras bolsas europeias.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 1,18 por cento, a 6.948 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 1,61 por cento, a 11.625 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,66 por cento, a 5.083 pontos.   Continuação...