Bradesco projeta contração do PIB de 2% neste ano

quarta-feira, 27 de maio de 2015 09:51 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Bradesco projeta que o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro terá contração de 2,0 por cento neste ano, diante da piora do mercado de trabalho e da confiança, de acordo com relatóro divulgado nesta quarta-feira.

A estimtiva do banco para o primeiro trimestre é de que o PIB irá recuar 0,5 por cento sobre o período imediatamente anterior, conforme apontado em nota assinada pelo diretor de pesquisas e estudos econômicos, Octavio de Barros.

"Entendemos que, se nossa projeção para o primeiro trimestre se confirmar, as expectativas devem convergir rapidamente para uma contração do PIB de 2,0 por cento em 2015. Isso se deve à piora, na margem, dos indicadores antecedentes e coincidentes do PIB, divulgados recentemente", segundo a nota.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulga na sexta-feira os dados sobre a atividade econômica brasileira no primeiro trimestre. Pesquisa da Reuters junto a economistas aponta expectativa de recuo de 0,5 por cento sobre o quarto trimestre.

A projeção do Bradesco para este ano é pior do que a de especialistas consultados na pesquisa Focus do Banco Central, cuja estimativa mais recente aponta para contração de 1,24 por cento do PIB neste ano.

Qualquer resultado negativo representaria a primeira contração desde 2009 e tanto a projeção do Bradesco quanto a do Focus seria o pior resultado para a economia brasileira em 25 anos.

(Por Camila Moreira)