Candidatos à compra da TAP têm até 5/6 para entregar propostas

quinta-feira, 28 de maio de 2015 10:26 BRT
 

LISBOA (Reuters) - Os dois candidatos à privatização da TAP, que passaram à fase de negociação direta com o governo português, têm até 5 de junho para entregar propostas vinculativas, melhoradas e finais, para a compra da companhia aérea, segundo um despacho publicado no Diário da República de Portugal.

Segundo o despacho, o período para a realização de negociações diretas começou na quinta-feira e termina em 5 de junho.

Na semana passada, o governo decidiu avançar para uma fase de negociações diretas com dois dos três candidatos iniciais à compra de 61 por cento da TAP, escolhendo a holding DGN, do americano-brasileiro David Neeleman, e o grupo de Germán Efromovich, dono da latino-americana Avianca.

Neeleman detém a brasileira Azul e a JetBlue Airways, uma linha aérea de baixo custo baseada em Nova York.

"O período para a realização da fase de negociações inicia-se no dia 27 de maio de 2015", disse o despacho assinado pela ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque.

O governo português tem dito que este processo de privatização poderá ser concluído até o fim de junho, mas não há um prazo fixado.

(Por Patrícia Vicente Rua)