Dólar fecha no maior patamar em quase dois meses por pressão externa, a R$3,1638

quinta-feira, 28 de maio de 2015 17:11 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar fechou em alta ante o real nesta quinta-feira, reagindo ao cenário externo desfavorável em meio a persistentes expectativas de que os juros dos Estados Unidos começarão a subir ainda neste ano e preocupações com os problemas envolvendo a dívida da Grécia.

A moeda norte-americana subiu 0,59 por cento, a 3,1638 reais na venda, renovando a máxima de fechamento desde 1º de abril, quando atingiu 3,1725 reais. Segundo dados da BM&F, o giro financeiro ficou em torno de 2,7 bilhões de dólares.

(Por Flavia Bohone)