Wall Street fecha em queda por preocupações com Grécia e China

quinta-feira, 28 de maio de 2015 18:14 BRT
 

Por Caroline Valetkevitch

NOVA YORK (Reuters) - As bolsas de valores dos Estados Unidos fecharam em queda nesta quinta-feira, com informações mistas sobre as negociações da dívida grega mantendo elevadas as incertezas do investidor, assim como uma forte queda nas ações chinesas após corretores apertarem suas regras de margens.

O índice Dow Jones caiu 0,2 por cento, a 18.126 pontos, enquanto o S&P 500 teve perda de 0,13 por cento, a 2.120 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq caiu 0,17 por cento, a 5.097 pontos.

Dos 10 principais índices setoriais dos S&P 500, sete fecharam em baixa, com o setor industrial tendo a maior queda, de 0,4 por cento.

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, disse que ainda há muito trabalho a ser feito antes que a Grécia e seus credores internacionais cheguem a um acordo de empréstimo em troca de reformas.

Na China, os principais índices de ações desabaram 6 por cento depois que mais corretoras apertaram os requerimentos de margem de negociação, em um movimento visto como intenção em reduzir riscos diante de um mercado aquecido.

Investidores também permaneceram cautelosos antes da divulgação dos dados sobre o Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA, na sexta-feira.