Bovespa fecha em queda de 0,5% pressionada por Vale; Petrobras sobe

quinta-feira, 28 de maio de 2015 18:21 BRT
 

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - A Bovespa fechou em queda nesta quinta-feira, afetada pelo quadro externo desfavorável, com as ações de bancos e da Vale guiando as perdas antes do rebalanceamento semestral do índice acionário MSCI Brasil.

O Ibovespa caiu 0,48 por cento, a 53.976 por cento. O volume financeiro somou 5,4 bilhões de reais.

A ausência de um acordo entre Grécia e os credores internacionais e o tombo na bolsa da China, em meio ao aumento de margens em operações com ações, minaram o humor no ambiente financeiro ao longo do dia.

Em Wall Street, o S&P 500 fechou em queda de 0,13 por cento, após recuar 0,5 por cento na mínima do dia.

A bolsa paulista também se afastou das mínimas na segunda etapa do dia, em meio ao fortalecimento dos papéis da Petrobras, bem como a aprovação de nova medida visando o ajuste das contas públicas e divulgação de dados fiscais.

Agentes financeiros, contudo, seguem cautelosos quanto à formatação do esforço fiscal, com peso maior no aumento da carga tributária do que no corte de gastos.

O rebalanceamento do índice MSCI Brasil, que passa a vigorar no fechamento da sexta-feira, também esteve no radar, já que afeta o ETF (Exchange Traded Fund, fundo de índice) do MSCI de Brasil e outros fundos que espelham o índice.

Em meados do mês, o MSCI informou que no rebalanceamento Bradespar, Gerdau Metalúrgica e Eletrobras ON serão excluídos do índice, e que o peso de outros papéis serão alterados. (bit.ly/1QJMGcn)   Continuação...