Novo poço confirma potencial de petróleo leve na área de Carcará, diz Petrobras

sexta-feira, 29 de maio de 2015 10:49 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A perfuração do segundo poço na área de Carcará (Bloco BM-S-8), localizado em águas ultraprofundas no pré-sal da Bacia de Santos, confirmou o potencial de petróleo leve nos reservatórios, informou nesta sexta-feira a Petrobras, operadora do consórcio.

O poço 3-SPS-105 (nomenclatura Petrobras), informalmente conhecido como Carcará Norte, "constatou expressiva coluna de óleo de 352 metros em reservatórios contínuos e conectados", disse a petroleira.

A perfuração comprovou a descoberta de petróleo de boa qualidade, de 31 graus na escala API.

A Petrobras é operadora do consórcio, com 66 por cento da participação, e tem como sócias a portuguesa Galp (14 por cento), Barra Energia (10 por cento) e Queiroz Galvão Exploração e Produção (10 por cento).

Carcará foi descoberta em 2012, com 400 metros de coluna de óleo em reservas contínuas e conectadas de excelente porosidade e permeabilidade.

Na época, foi a maior coluna de óleo descoberta no pré-sal do Brasil.

O poço Carcará Norte confirmou o tamanho da coluna descoberta inicialmente, sugerindo que a área, quando for declarada comercial, irá produzir grandes quantidades de petróleo.

Em janeiro de 2013, um executivo da QGEP disse que os poços da área provavelmente produzirão até 35 mil barris de petróleo por dia cada, uma grande quantidade para esse tipo de área de exploração e similar à do bem-sucedido campo de Lula.

(Por Gustavo Bonato e Jeb Blount)

 
Logo da Petrobras visto na frente da sede da empresa em São Paulo. 23/04/2015 REUTERS/Paulo Whitaker