Minério de ferro tem queda diária na China, mas fecha maio com ganho de quase 10%

sexta-feira, 29 de maio de 2015 10:52 BRT
 

CINGAPURA (Reuters) - O minério de ferro recuou nesta sexta-feira no mercado à vista da China, mas fechou maio com alta mensal de quase 10 por cento, após um rali nas últimas semanas disparado pelo declínio dos estoques do produto nos portos chineses.

Os estoques de minério importado nos portos da China deverão cair pela sexta semana consecutiva, depois de atingirem na semana passada o menor nível desde dezembro de 2013, com a disponibilidade limitada de carregamentos de média e alta qualidade ajudando a elevar os preços recentemente, disseram operadores.

"Mas o mercado não deverá melhorar muito, porque o setor de processamento (siderurgia) provavelmente não irá melhorar", disse um operador de Tianjin, citando a fraqueza do setor de construção civil na China.

O minério com entrega imediata no porto de Tianjin recuou 1,4 por cento nesta sexta-feira, para 61,40 dólares por tonelada, após atingir 62,60 na quarta-feira, maior valor desde 2 de março.

As cotações do minério na China fecharam maio com ganho de 9,25 por cento no mês, após terem avançado 10,2 por cento em abril.

(Por Manolo Serapio Jr.)